Megamax Top                 Estilo Vip Net                 Sua Cara Seu Estilo

Os melhores site de compras pela internet

Logo_Homepage     Logo_Homepage     Logo     Logo 120x60     logo Logo_Homepage     Logo     Logo_Homepage     Logo Avon     Logo Logo     Logo_Homepage     Logo     Logo_Homepage     Logo - Homepage

Smartphones caros não funcionam tão bem quanto os celulares mais básicos

Smartphones caros não funcionam tão bem quanto os celulares mais básicos
Segundo o estudo realizado pelo órgão regulador Ofcom os aparelhos sem frescura do passado possuíam um desempenho muito melhor na hora de fazer chamadas e enviar mensagens do que smartphones modernos.




Uma pesquisa recente comprovou algo que todos nós já suspeitávamos, os aparelhos caros e altamente tecnológicos simplesmente não funcionam tão bem quanto os telefones celulares mais básicos que nós tínhamos a uma década atrás. Segundo o estudo realizado pelo órgão regulador Ofcom os aparelhos sem frescura do passado possuíam um desempenho muito melhor na hora de fazer chamadas e enviar mensagens do que smartphones modernos vendidos por empresas como a Apple e a Samsung.
Os testes realizados em condições de laboratório mostraram que apesar de terem muito mais tecnologia, os smartphones não são tão bons em captar sinais fracos como os dispositivos mais antigos.



A pesquisa da Ofcom também descobriu que alguns smartphones testados precisam de um sinal que é pelo menos 10 vezes mais forte do que o mínimo exigido por celulares não-smartphones para fazer ou receber chamadas.
Em média, os smartphones examinados necessitavam de um sinal pelo menos sete vezes mais forte do que a média para celulares antigos em rede 2G. Já os novos aparelhos em redes 3G precisavam de um sinal que é nove vezes mais forte do que o nível mínimo recomendado pela GSMA, o corpo de padrões para a indústria móvel. Na rede 4G, o aparelho exigiu sete vezes a intensidade do sinal quando comparado com os seus "ancestrais".
As descobertas da Ofcom concluíram que o vidro e o metal utilizados em smartphones modernos, em oposição ao plástico usado em celulares mais baratos, são alguns dos responsáveis pelas chamadas serem cortadas de forma constante. Elas também fornecem evidências claras de que os aparelhos de uma década atrás funcionam melhor em locais com pouco investimento em infra-estruturas, especialmente em áreas rurais, onde mastros de recepção tendem a ser mais distantes e fornecer um sinal mais fraco.
A Ofcom se recusou a identificar os smartphones usados na pesquisa, alegando que havia um número insuficiente de telefones testados para fazer comparações entre significantes entre os smartphones individuais. Segundo um porta-voz do órgão: "Nós testamos um número muito pequeno de telefones modernos em diferentes situações. Como nenhum dispositivo consistentemente superou os outros optamos por não listar os aparelhos."
Smartphones caros não funcionam tão bem quanto os celulares mais básicos




























Fonte: tudocelular  Fotos: Divulgação

0 Response to "Smartphones caros não funcionam tão bem quanto os celulares mais básicos"

Postar um comentário

Mais Notícias

Mais Notícias